Mudanças

X

Mudanças


São necessárias. Mesmo que venham aos poucos.
Porque se vierem de uma vez podem nos assustar.
Deixei crescer uma barba em mim e cortei o meu cabelo.
Tomei um banho delicioso com meu gato preto.
Postei uma foto de bunda de fora fazendo “namastê” para os políticos, ou como brincou um fã meu “bundastê”.
Gravei alguns vídeos em que deixei a alma falar mais que a boca. Foram mais passionais.
Dei uma volta pelo quarteirão sozinho em busca de emoção, mesmo que fosse uma cerveja barata.
Malhei em busca de um corpo perdido ou em busca de um corpo que goste mais, longe da perfeição, até porque a perfeição não existe, e quem fica procurando por ela se torna escravo ou chato. Ou os dois.
Estou a procura de uma alma minha, que eu goste mais.
Resolvi mudar as músicas do meu IPod, para mudar os meus sentidos, e que isto possa mudar minha sensibilidade artística e minha maneira de ver o mundo.
Também fui ao supermercado com minha empregada e amiga Sebá, algo aparentemente tão trivial e bobo, mas tão enriquecedor, saber o preço das coisas de perto, olhar as senhoras aposentadas comparando os preços, jovens comprando, gays paquerando e todos e evitando comprar o salmão que estava o olho da cara e ao mesmo tempo tão cobiçado.
E ver os preços tão altos te faz sentir mais brasileiro do que você já é, e o quanto você precisa trabalhar para obter o mínimo neste país de meu Deus.
É onde você entende pessoas com dois empregos, taxistas que vão das cinco da manhã até meia noite, pessoas que engolem empregos infelizes goela abaixo.
Observei o andar mais calmo e abafado das pessoas pelo calor.
Olhares perdidos entre sonhos e esperanças.
Olhares de preocupações.
Outros olhares completamente distraídos.
Cada um carregando sua história pessoal, com êxitos e dores, sonhos e realizações, frustrações e paixões perdidas ou consumidas.
Senti a unidade.
Senti a irmandade.
Todos filhos de Deus em busca de luz, Felicidade, um caminho, uma resposta ou várias, em busca de mudanças, pequenas ou grandes, que são o tempero da vida.

Evandro Santo

Compartilhe

Mais

X

2 Comments

X

  • Deborah

    Posted on 20 janeiro,2017

    Ótimo texto, realmente a vida é isso, viver em constante mudanças seja ela por vontade própria ou pq que vida fez com que vc mudasse para se adequar a uma dura e fria realidade.

    Responder
    • evandrosanto

      Posted on 20 janeiro,2017

      Vamos buscar as mudanças para o bem sempre, né, colega?!
      Ótimo 2017 para você! Obrigado pelo carinho!

      Responder

Leave a Comment

X